Sejam bem vindos ao meu blog

Aqui pretendo editar todos os tipos de conteúdo que tenham haver com : mãe, criança e aprendizado.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Dormir ou não com o bebê


Muitas mães querem dormir com os seus bebês, mas não falam sobre isso, pois é norma na nossa sociedade enfatizar os perigos de tal prática e advertir contra ela. Muitas mães que dormem com seus bebês gostam do fato de dormir num estágio intermediário, conscientes dos bebês, mesmo quando estão ambos dormindo. Durante a noite, eles continuam conscientes da saúde e do bem-estar do seu bebê e descartam totalmente a possibilidade de esmagá-los. Mas  isso não serve para todo mundo, portanto, se você acha que não é bom para você, não pense duas vezes. Realmente, muitos dos casais que dormem junto com os seus bebês provavelmente nunca planejaram isso: simplesmente aconteceu com aquele bebê em especial.

 Os pais que decidem dormir junto com o seu bebê precisam entender os itens abaixo, claramente:

* A cama deve ser firme e grande( uma cama King-size é ideal). A cama deve estar bem encostada na parede e deve-se colocar uma almofada firme entre o bebê e a parede.
* Não use travesseiros macios, nem cobertores pesados que possam asfixiar o bebê.
* Não é seguro ter criancinhas na cama junto com o bebê.
*Nada de álcool,  ou drogas que possam enevoar a responsabilidade protetora, em relação ao bebê.  
*Se um dos pais fuma, o bebê deve dormir em outro lugar. Ambientes em que se fuma são ruins para os bebês, de muitas maneiras, além de aumentar a incidência da Síndrome. Portanto, se você ainda não parou de fumar, agora é um bom momento!
 Lembre-se, muitas organizações dizem que o lugar mais seguro para o bebê é no berço, perto da cama do casal. Com relação a esse sistema, há poucas regras e menor margem de erros.

Fonte: Livro: Criando Bebês.  
Dr Howard Chilton




Um comentário:

  1. Sinceramente... qual a mãe que não gosta de dormir com seu bebê? É inesplicável a sensação de prazer em dormir com o nosso bebê, poder sentir seu cheiro, lhe dar carinho e perder horas observando a sua respiração. Eu confesso que já fiz isso e sempre que me dá vontade durmo juntinha com a Emely, mas claro, com todo o cuidado do mundo! Durmo com um olho fechado e o outro aberto... hehhehe

    ResponderExcluir